Make your own free website on Tripod.com

Circuitos utilizados pela Fórmula-1

Hockenheimring
Home

hockenheimring.jpg

Hockeheimring, o circuito alemão de Hockenheim é uma das pistas mais importantes da história da Fórmula 1.

Este é o famoso autódromo alemão que passa dentro da floresta negra alemã e, antigamente, também passava dentro de uma vila.
 
O autódromo de Hockenheim foi construído em 1932 e tinha basicamente o desenho similar ao de um circuito oval com duas retas grandes com uma longa curva na parte da floresta e um gigantesco retorno na parte da vila e o circuito era muito usado para corridas de motos.

Mas,em 1965,com o crescimento da vila de Hockenheim, provavelmente sendo elevada à categoria de cidade, e a construção de uma Autobahn - a famosa auto-estrada alemã - A6 que separou a área habitada de Hockenheim da área florestal, a parte da vila foi demolida e foi construída a área do estádio que possui arquibancadas a um estilo de um estádio de futebol e várias curvas lentas.

A parte da floresta foi mantida mantendo as suas característcas similares a de um circuito oval.Chicanes fôram constuídas na parte da floresta ao longo do tempo.

Neste circuito,morreram dois pilotos:Jim Clark e Patrick Dépailler.No dia 02/08/1970, naquele circuito, Émerson Fittipaldi terminou a corrida alemã de 1970 em 4º. lugar marcando os seus 3 primeiros pontos na Fórmula 1.

Em 1978,o piloto brasileiro Nélson Piquet fez a sua estréia na Fórmula 1 no autódromo de Hockenheim pela equipe Ensign.Nélson Piquet venceu 3 vezes em Hockenheim:1981,1986 e 1987.

Ayrton Senna também conquistou 3 vitórias no autódromo de Hockenheim: 1988,1989 e 1990. A vitória de 1989 foi a vitória mais triste do Ayrton Senna na Fórmula 1. A corrida aconteceu no dia 30/07/1989 e, naquela época, havia morrido um empresário chamado Armando Botelho que era um grande amigo do Ayrton Senna e tal morte entristeceu o piloto o suficiente para ele não comemorar a vitória.

O começo do século 21 e do 3º milênio em Hockenheim foi marcante: a corrida de Fórmula 1 do ano 2000 realizada naquele autódromo teve muitos acontecimentos fortes. A corrida aconteceu no dia 30/07/2000. Dois dias antes, na sexta-feira, choveu forte, o circuito foi inundado, os túneis de acesso ficaram cheios de água, a água entrou dentro dos boxes e os pneus ficaram boiando na água. Os treinos livres da Fórmula 1 tiveram os horários alterados. Um dos treinos da Fórmula 3000 Internacional - que,hoje,é chamada de Fórmula GP2 - foi cancelado e o outro que servia para classificar para a corrida teve a sua duração encurtada. A entrevista coletiva também foi realizada num tempo curto porque os microfones danificados pela água da chuva emitiam sons alarmantes que impediam as palavras de serem ouvidas claramente.

No sábado, mais problemas com a chuva.

Para completar, no domingo,durante a corrida, o francês Robert Selhi invadiu a pista com um protesto contra a Mecedes-Benz por causa de uma demissão. Ele foi capturado e conduzido para um delegacia sendo solto 1 dia depois graças à uma fiança paga pela esposa dele.

Esta também foi uma corrida muito especial porque tal foi a corrida da primeira vitória do Rubens Barrichello na Fórmula 1 que aconteceu em grande estilo. Ele largou na 18ª. posição por causa de problemas nos treinos de classificação. No fim da 1ª. volta, ele já era 11º. colocado e foi ganhando posições ao longo da primeira volta até chegar à 3ª posição quando ele foi fazer o seu 1º pit stop.

Depois disso,o trabalhador francês invadiu a pista provocando a entrada do Safety Car e,com isso,os pilotos aproveitaram a ocasião para fazerem os seus pit stops e o Rubens Barrichello foi descontar uma parada que ele tinha a mais do que os outros pilotos e depois do episódio da invasão,o brasileiro já estava em 3º lugar.

No último quarto da corrida, choveu muito forte no circuito. Os pilotos entraram nos boxes para botarem os seus pneus de chuva. Rubens Barrichello decidiu manter os pneus de pista seca debaixo de chuva.

Assim, ele assumiu a liderança que ele não perdeu mais. Ele conseguiu se manter na pista. Depois de tudo o que aconteceu, Rubens Barrichello venceu. Com isso, ele chegou à sua primeira vitória na Fórmula 1 que foi a primeira vitória brasileira na Fórmula 1 conquistada depois da última vitória do Ayrton Senna na Fórmula 1 ocorrida no Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 de 1993 realizada no dia 07/11/1993. Para completar, a Rede Globo voltou a tocar o Tema da Vitória depois de 7 anos.

No pódio, Rubens Barrichello chorou de alegria durante a execução do hino nacional brasileiro e regeu o hino italiano repetindo os mesmos gestos que foram feitos várias vezes pelo Michael Schumacher.

Por coincidência,a vitória mais triste do Ayrton Senna na Fórmula 1 e a primeira vitória do Rubens Barrichello aconteceram no mesmo autódromo e com, exatamente 11 anos de diferença: as 2 vitórias aconteceram em Hockenheim com a vitória do Senna ocorrida no dia 30/07/1989 e a vitória do Barrichello ocorrida no dia 30/07/2000.

Além disso, no mesmo dia em que o Rubens Barrichello conquistou a sua primeira vitória na Fórmula 1, o Cristiano da Matta conquistou a sua primeira vitória na Fórmula Indy numa corrida realizada em Chicago.

Na véspera da corrida da primeira vitória do Rubens Barrichello na Fórmula 1, ocorreu uma corrida da Fórmula 3000 Internacional em Hockenheim - atual Fórmula GP2 - com vitória do piloto tcheco Thomás Enge - o "TCHECO DO PÓ" - e o sul-africano Thomas Scheckter em 2º. lugar.

Thomas Scheckter é filho do Jody Scheckter, o piloto que, em 1979, foi o último campeão mundial de Fórmula 1 pela Ferrari antes do Michael Schumacher.

Em 2001,a Fórmula 1 correu pela última vez no traçado de 1965 com vitória do piloto alemão Ralf Schumacher. Na véspera da corrida,o piloto brasileiro Antônio Pizzonia conquistou numa corrida realizada em Hockenheim a sua única vitória na Fórmula 3000 exatamente um ano depois da primeira vitória do Rubens Barrichello na Fórmula 1.

Em 2002, o autódromo de Hockenheim sofreu a reforma na qual adquiriu o seu atual traçado que reduziu a parte da floresta, deixando o circuito mais curto com o seu percurso atual que reveza retas velozes com curvas lentas.

A parte antiga da pista na área da floresta foi demolida para fazer novas árvores crescêrem no local que ficou vazio.

Michael Schumacher venceu 4 vezes na Fórmula 1 no autódromo de Hockenheim: 1995,2002,2004 e 2006. 

À partir de 2007, Hockenheim fará um revezmento com Nürburgring pela sede anual do Grande Prêmio da Alemanha de Fórmula 1.
 
Coordenadas: 49º 19' N, 8º 33' E.