Make your own free website on Tripod.com

Circuitos utilizados pela Fórmula-1

Donington Park
Home

doningtonpark.jpg

Donington Park é um autódromo em North West Leicestershire, na Inglaterra. A configuração de Grande Prêmio, que foi usada na Fórmula 1 e é usada até hoje para as corridas de motos em geral, tem 12 curvas e 4.023 metros (2,500 milhas). A configuração ´´National´´, que não inclui o ´´Melbourne Hairpin´´, e liga as duas retas principais com um ´´S´´, tem 10 curvas e 3.149 metros (1,957 milhas).

Donington Park foi aberto no início do século passado, e inicialmente era usado para corridas com motos. Mais tarde, começou a ser usado como circuito de GP. Foi um trunfo pessoal para Fred Craner, dono do circuito de Donington, convencer as grandes equipes alemãs, Mercedes e Auto Union, a disputarem os GPs de Donington de 1937 e 1938, ambos vencidos pelos Auto Union de motor central. O nome oficial da corrida era ´´Grande Prêmio de Donington´´ ao invés de ´´Grande Prêmio da Inglaterra´´ por causa de disputas internas entre os organizadores da corrida de Donington e o RAC (Royal Automobile Club) da Inglaterra.

A pista ficou fechada para as corridas durante a II Guerra Mundial. Isso durou até 1977, quando o milionário britânico e entusiasta de corridas Tom Wheatcroft acabou de reformar a pista, e também deixou claro que queria trazer a Fórmula 1 para lá. O circuito foi aos poucos reconstruindo a sua reputação e ficando popular entre os pilotos e os torcedores, com muitas corridas de turismo e carros de fórmula acontecendo em Donington.

A única corrida de Fórmula 1 realizada em Donington até hoje foi o Grande Prêmio da Europa de 1993 (nome oficial: Sega European Grand Prix), que foi o ponto culminante dos esforços de Tom Wheatcroft. Alain Prost fez a pole com pista seca no ensolarado sábado em 1'10.458 min., que até hoje é um recorde para aquela pista. Senna ficou em quarto,sendo superado por Prost, Hill e Schumacher, que estava muito satisfeito com o novo Benneton B193B. No domingo da corrida, o tempo era um dos piores já vistos na história da F1, se não o pior. A largada foi dada, e antes da primeira curva, Senna tinha caído para 5°, mas logo recuperou a posição e partiu para o ataque. Passou Karl Wendlinger, Damon Hill e Alain Prost e já estava em 1° no final da primeira volta. Nas palavras do Senna, essa primeira volta foi um ´´tiro psicológico´´ na concorrência. A partir daí, com o tempo e a pista nas condições que estavam, a corrida virou um jogo, e a todo instante algum piloto parava para trocar os pneus. Prost fez sete trocas. Senna ganhou a corrida com quase uma volta de vantagem sobre Damon Hill, que terminou em 2°. Outro piloto que teve uma ótima performance foi Rubens Barrichello. Em sua terceira corrida pela Fórmula 1, Barrichello largou em 12°, terminou a primeira volta em quarto, e andou por muito tempo em 3° e 2°. Ele estava no terceiro lugar a quatro voltas do fim, mas uma falha no sistema de alimentação do seu Jordan impediu Barrichello de subir ao pódio.

Atualmente Donington é a casa do GP da Inglaterra de MotoGP, além de sediar corridas da F-Ford, F3, BTCC e outras categorias.

Em fevereiro de 2007 chegou a notícia que Tom Wheatcroft vendeu a pista para a Donington Ventures Leisure Ltd., e gerou a expectativa que o GP da Inglaterra de F1 seja lá. Mas ainda é cedo para dizer se a F1 voltará a Donington em um futuro próximo. A única coisa que se sabe é que Silverstone está na corda bamba faz um bom tempo.

Donington Park recebe shows de rock desde a década de 80, e tem um grande pedigree para isso. Bandas como Kiss, Bon Jovi, Iron Maiden, Metallica, Guns N'Roses, Slipknot,AC/DC, Linkin Park e Sepultura foram algumas das que passaram por lá.

O anel que fica na parte de baixo do circuito foi adicionado em 1985 para a pista ser longa o suficiente para ser usada em corridas de motos. Muitos pilotos preferem o traçado mais curto (National Circuit).

Do lado do autódromo há um museu de carros de corrida, o Donington Grand Prix Collection, que é a maior coleção de carros de corrida do mundo. Inclui muitos carros de F1, alguns carros de fórmula americanos e carros de turismo.

O circuito de Donington é simulado em vários jogos de computador, incluindo vários títulos da série Toca e os simuladores da FIA GT, GTR e GTR 2.

Coordenadas: 52º 49' 50" N, 1º 22' 31" W.