Make your own free website on Tripod.com

Circuitos utilizados pela Fórmula-1

Phoenix Street Circuit
Home

phoenix.jpg

O GP dos Estados Unidos entre 1989 e 1991 foi realizado ns ruas de Phoenix no estado do Arizona. O circuito ficava bem no centro da cidade e passava pelo Phoenix Civic Plaza, pelo ginásio do Phoenix Suns de basketball, o America West Arena, e pelo estádio de baseball Bank One Ballpark.

Para 1989 Detroit caia fora do calendário da F-1 (a corrida foi parar no calendário da CART/F-Indy), e assim uma cidade no deserto do Arizona sediava a etapa americana da categoria. Era Phoenix.

Bem, Phoenix pelo menos tinha uma certa infra-estrutura decente, porém era uma pista com uma série de curvas de 90°, e que foi considerada pelos pilotos como o mais chato e sem-graça da F-1. Em 1989 Alain Prost (um odiador de circuitos de rua) venceu uma corrida novamente marcada por um imenso calor (a época do ano era junho, em pleno calor do deserto!). Porém a etapa de 1990 foi marcante...

Á começar pelo fato de Phoenix abrir o calendário á partir de então, e o surpreendente foi o grid de largada, com a presença de uma Minardi (!?!) na primeira fila com Pierluighi Martini, e também a Dallara de Andrea de Cesaris, além de Alesi em 4º. o francês liderou parte da prova com sua Tyrrell e deu muito show, porém Senna conseguiu alcançar o francês, e o que se viu foi um bonito duelo entre o consagrado Senna e o jovem atrevido Alesi, que chegou a dar um "X" em Senna em uma tentativa de ultrapassagem do brasileiro no final da reta dos boxes. Mas Senna conseguiu passar e venceu a prova com Alesi em 2º.

Já em 1991 Phoenix aparecia com um traçado modificado, mas a prova caia na impopularidade entre os pilotos, e o baixo público era evidente. Apenas 15 mil pessoas estiveram em Phoenix naquele fim-de-semana. Um verdadeiro fracasso... Senna venceu mais uma. A prova foi marcada pela estréia da equipe Jordna na Fórmula 1 e também a estréia de Mika Hakkinen na categoria.

Em Phoenix no mesmo dia houve uma corrida de avestruz na região, que atraiu mais público que a corrida de Fórmula 1! Isso motivou a ira de Bernie Ecclestone de desistir dos EUA. Simplesmente a F-1 ficou sem pista para realizar uma prova em 1992 e se optou simplesmente por não ter mais GP dos EUA. Em 1992 foi o primeiro ano na história em que nenhuma corrida nos EUA aparecia no calendário da F-1.

Coordenadas: 33º 26' 45" N, 112º 4' 15" W.